August 23, 2017

Atomic blonde / MOVIE


O último filme que fui ver ao cinema foi o "Atomic Blonde". Quem me conhece sabe que não seria uma primeira escolha para mim, mas ao que parece, aos poucos, tenho alargado o meu leque de categorias ou se preferirem, de gostos no que diz respeito a filmes. Não só pela curiosidade, mas também pela sua classificação (alta), como é o caso deste. E após vê-lo é perfeitamente compreensível pela história e pelo trabalho das personagens.

Este é um daqueles filmes que nos vai prendendo ao ecrã por não sabermos concretamente qual é o próximo passo ou como é que o mesmo irá terminar, e também porque nos pode induzir em erro em algumas partes. Pelo menos a mim deixou-me um pouco baralhada em determinadas alturas e até me levou a pensar que o verdadeiro culpado seria uma pessoa que não o era. Mas não vos quero contar grandes pormenores para não estragar quem ainda não o viu.

O Atomic Blonde conta-nos a história de uma mulher que é agente especial do MI6 e que acaba por ser enviada para Berlim durante a Guerra fria para descobrir o que se passou com um colega seu, que infelizmente foi assassinado e ao mesmo tempo encontrar uma lista de agentes duplos que estava nas mãos erradas. Conseguem imaginar que como não se vivia numa época fácil não foi uma tarefa rápida de resolver. Grande parte do filme acaba por ser bastante violenta, várias pessoas são feridas ou mortas, uma loucura durante todo o desenrolar da ação. No entanto, para mim, a historia mostrou-me que também seria (quem sabe) uma historia de amor, porque se repararem inicialmente aparece-nos uma fotografia em que esta Blonde aparece com o agente que foi morto por andar atrás da mesma lista de agentes duplos que andava perdida. Provavelmente poucos se lembram disto no fim do filme, mas eu encaro também desta forma. 

A vida de agente especial não é fácil e ela poderia ter sido morta em várias situações. E ter vivido durante a guerra fria foi igualmente complicado, não só para forças e agentes, mas para todos. Este é um caso especifico, mas, guerra é guerra. 

Agora deixo-vos o trailer, como sempre. Se ainda não viram nada sobre este filme e esta mulher, vejam estes minutos e decidiam se vale ou não a pena irem ao cinema.

2 comments

  1. Adorei o teu post! Sigo o teu blog, podes seguir o meu? :)

    http://aflormaria.blogspot.pt

    beijinhos

    ReplyDelete
  2. Nice post!
    I'm a new follower of your blog, if you want to follow mine on my blog ...
    https://amoriemeraviglie.blogspot.it/

    ReplyDelete

Latest Instagrams

© Written by Joana. Design by Fearne.