What are you looking for?
August 21, 2017

"Trilhos de uma vida" // BOOKS


Durante o período de férias levo sempre comigo livros para ler. É quando tenho mais tempo, mais predisposição e sobretudo é quando me apercebo de quantos livros tenho por ler que me foram oferecidos. Tento sempre libertar-me deles, que é como quem diz, terminá-los. Porque o que faço é proibir-me de comprar até terminar os que estão na mesa de cabeceira, caso contrário já sei que faço uma pilha de livros por ler. 

Nestas férias, li um em junho e outro agora em agosto. O terceiro ainda vai a meio. Já falei do primeiro e agora vou dar-vos a minha opinião do livro "Trilhos de uma vida". 

Começo por assumir que talvez não esperava gostar tanto dele. Se olhasse para o título podia pensar que era um livro que não me ia prender, ou que poderia não me cativar, mas a verdade é outra. Ler mais de 300 páginas em dois dias, é provável que signifique que me cativou, não é? Não vos vou dizer que não é uma história pesada, com muitos dilemas pelo meio e que são difíceis de enfrentar, mas que poderiam ser mesmo reais. Acredito que possa existir quem passe por partes daquela história. 

Infelizmente, a história começa bem, mas ao fim de poucas páginas dá-se o primeiro acidente de uma família feliz que viajava por lazer, para viver. O filho morre, o amigo morre e Meireles acaba por ficar completamente desfigurado, queimado pela queda do avião e pelo incêndio pelo qual passou. É encontrado e salvo por uma comunidade desconhecida, que decidiu largar a vida material e ir viver para dentro da selva. Quando percebeu que estava longe de Portugal e que provavelmente a família não sabia que ele tinha sobrevivido começou a viver numa angustia até regressar ao seu país. Mas podem o quão difícil é, quando não se tem nada. Meireles tinha tudo, uma empresa, muito dinheiro, era um homem bom, mas tinha ficado sem nada. Para regressar passou por muitos problemas, por muita fome, mas também viu a sua fé testada ao limite. Passaram-se meses e quando chegou a Portugal, após perceber que a mulher ia casar e que a filha estava viva, ao fugir, sofreu outro acidente e ficou em coma no hospital. No entanto, apesar da cara desfigurada, a filha conseguiu ver um sinal que lhe confirmou que aquele homem era seu pai e por isso não o largou mais até ao dia em que ele acordou. Viveram bons momentos. Eles os dois e o amigo sem-abrigo que fizera. Um dos muitos que fez pela estragada. Afinal vir da Ásia para Portugal, no meio da selva, só tendo muito boas pessoas e uma fé inabalável! Mas no fim decidiu que queria voltar para a tal comunidade. O lugar dele era lá e a filha apesar de triste, despediu-se do pai e deixou-o ir. Sabia que ele regressaria para vê-la outra vez. Meteu-se novamente no voo para lá, mas será que o voo chegou ao destino? Será que aconteceu tudo outra vez?

Bem, é uma história muito boa. Dá mais voltas do que aquelas que eu aqui dei. Mas a mesma pessoa sofreu mais do que um acidente. Viu a sua vida completamente virada de pernas para o ar. Viu a sua cara não ser mais sua. Perdeu tudo. A história de fé envolvida, também nos dá muito que pensar. E a história da vida de Meireles, também.

Eu se fosse a vocês, lia este livro! 

Add your comment

@writtenbyjoana

Subscribe for the latest news