What are you looking for?
January 25, 2018

Insidious // The last key


Na sexta-feira passada fui ao cinema ver um filme de terror. Pois, é isso mesmo. Eu sentei-me num cinema a ver um filme de terror. Ainda não sei muito bem como é que o fiz, mas fiz e até me consegui controlar muito bem. Não vou mentir, dei vários saltos na cadeira (acho que seria óbvio que isto iria acontecer), mas de uma maneira geral estive muito bem! 

O filme também não era assim muito pesado e talvez isso tenha ajudado. Não abordava nenhum tema dos que não suporto mesmo, e arrisco em dizer que para começar não foi uma má escolha. 

Para quem já segue este filme, esta "saga", já sabe mais ou menos ao que vem segundo entendi dias depois. A história passa muito pela vida de uma senhora que desde pequena conseguia sentir o que se passava do outro lado e isso sempre lhe trouxe inúmeras consequências, até mesmo sair de casa, porque o pai não compreendia e não aceitava que pudesse ser verdade tudo o que a filha dizia.  Com o passar dos anos, ela sempre viveu com pesadelos e com histórias por resolver e ajudar os outros. Mas a própria história dela não estava resolvida, mas no fim deste filme acaba resolvida. 

Até num filme de terror eu consigo tirar de lá qualquer coisa mais do que sustos, saltos na cadeira ou qualquer outra coisa, não é? É a minha imaginação! Mas eu entendi desta forma. É claro que acontecem várias situações problemáticas pelo meio e a uma dada altura quase parece um policial ou uma investigação mais a nível de polícia, do que realmente um terror. O que também torna o filme engraçado e ninguém está a espera desse pequeno desvio. 

Apesar de ser um género de filme que nunca comentei por aqui, gostei de o ver. Para quem não tem grande aptidão para filmes de terror, comecei muito bem!

Mais alguém com estes dilemas ou este é o vosso género preferido?

Add your comment

@writtenbyjoana

Subscribe for the latest news