What are you looking for?
October 30, 2018

Gym update!



Hoje venho contar-vos o que tenho andado a fazer no ginásio. Já não era sem tempo não é? Comecei o mês de outubro com um fim-de-semana fora daqui e acabei por precisar mesmo de manter essa pausa. Sou contra escrever sem vontade, gosto de escrever-vos sempre com energia e passar para vocês coisas boas e é isso que vou fazer agora mesmo!

Há duas semanas atrás encontrei força de vontade para retomar os meus treinos como deve ser. Ir sem desculpas e tentar dar o meu melhor em cada um dos meus quatro treinos. Na semana passada fiz gazeta (literalmente), provavelmente porque cada vez mais decido inconscientemente em aproveitar coisas que me fazem feliz. Ir ao ginásio também me faz bem, aliás é uma necessidade até para a cabeça libertar energias más, mas também me constipei e por isso juntei a falta de vontade à boa companhia. Esta semana já regressei, fui segunda e terça-feira, com promessa de ir quinta-feira de manha. 

Como já disse são quatro treinos, dois já estão feitos e bem feitos porque sinto dores e dores e dores. Mas são dores boas. 

Para quem ainda não sabe mudei de ginásio, daí lerem quatro treinos em vez de dois (antigamente só tinha dois). Não me posso queixar minimamente do local onde estava, trataram-me bem e vi algumas diferenças em mim. Claro que queria ver mais, queria mais treinos diferentes e talvez por essa razão uma amiga me conseguiu levar para o ginásio dela! Sinto-me mais acompanhada, mais exposta ao limite, ao passar a barreira do que aguento e isso é bom. E assim que faz sentido. Não são nunca treinos monótonos e agora cabe-me a mim portar-me bem tanto no ginásio, como à mesa. E há mesa nem me posso queixar muito, não tenho doces em casa, para comer acaba por ser fora de casa. Como já sabem também não sou radical, não me mato por ceder e comer um doce ou um comer menos saudável, desde que no geral da semana o saudável seja superior ao menos saudável. Pelo menos para ja é esse o pensamento. 

Nestes dois últimos dias não bebi leite, nem comi pão e só aí notei um inchaço deaaparecer. Quer queiramos ou não, o nosso corpo vai falando connosco e há alimentos que gostamos, mas não nos ajudam. Se vou deixar de consumir? Não vou, mas também não vou comer todos os dias. Cada vez mais vou pelo equilíbrio. 

No próximo post vou contar-vos como são os meus treinos, quais os exercícios que faço e onde sinto mais e menos dificuldade!

Add your comment

@writtenbyjoana

Subscribe for the latest news