What are you looking for?
November 18, 2018

Cardio + weight trainning


No último post sobre o ginásio, prometi-vos que iria falar dos meus treinos e é isso mesmo que vou fazer, aproveitando para falar um pouco das diferenças entre treinar apenas cardio e treinar com pesos. 

A semana que passou portei-me muito bem, fiz os meus quatro treinos, sem desculpas e a fazer uma alimentação saudável (zero dietas, pelo menos para já é assim que se vai manter até mais uns meses). Como já disse em tantas outras publicações, sempre defendi que é possível fecharmos a nossa boca, e cometer um erro ou outro quando surgir ocasião. É claro que as dietas servem para chegarmos ao que queremos mais rapidamente e sobretudo ajudam na sua grande maior parte a promover a saúde. Mas talvez por ter perdido 15kg sem nenhuma dieta especifica, tenha encaixado na minha cabeça que é possível comendo bem, olhando para os rótulos e comendo um doce ou outra coisa qualquer quando queremos ou surja oportunidade sem nos culpabilizarmos. Por isso, esta semana comi sempre sopa, bebi muita água e não deixei de fazer as refeições normais, por exemplo, após treinar, o jantar passava sempre por ou carne (frango) ou ovos. Em algumas refeições comi com arroz, outras optei só por sopa, tentando reduzir os hidratos de carbono, apesar de saber que não seria um erro tão grande após o treino, acaba por ajudar os nossos músculos. 

Deixando agora a alimentação saudável e passando para os treinos, hoje vou falar-vos de dois treinos.

Todos os meus treinos têm cardio. Sim, todos eles. Uns com maior duração, outros com menor duração. É claro que se não houver um défice calórico, e comermos tudo o que nos apetecer, não há cardio que nos salve, mas se tivermos cuidado o cardio só pode ser nosso amigo e sobretudo põe as nossas energias a trabalhar, ajuda-nos a aumentar a nossa resistência, bem, a meu ver fazer um pouco de cardio só tem coisas positivas. No entanto, treinar apenas e só cardio também não é o ideal para quem quer chegar um determinado objetivo. Se todos os meus treinos têm cardio, todos os meus treinos têm também musculação.  E é o que faz sentido para mim. Que com o passar dos anos, entendi que não interessa olhar só para a balança. 

O 1º treino da semana:
- Supino com halteres 5x15
- Ombros: desenvolvimento sentado com halteres 5x15
- Abdominais com as pernas apoiadas 5x15
- Leg press 5x15
- Leg curl 5x15
- 30min cardio

O 2º treino da semana:
- Remada baixa na polia 3x20
- Puxada na frente pega junta 3x20
- Aguachamento frontal super squat 4x20
- Leg curl deitada 4x20
- Lombares na máquina 3x20
- Mountain climber 3x20
- Burpees 2x15
- 40min cardio

Destes dois treinos, aquele que acaba por ser mais rápido ou aquele em que sinto menos dificuldades é o primeiro. Já estava mais ou menos habituada a fazer halteres e leg press e curl, por isso foi um retomar dos hábitos que trazia do outro ginásio e tentar fazer mais e melhor. Gosto sempre de conseguir fazer tudo completo e melhorar a postura durante os exercícios. Sou perfecionista e prefiro manter o peso e fazer corretamente antes de aumentar a carga. 

O segundo treino acaba por ter mais cardio e a juntar a isso os burpees e montain climbers fazem com que o treino seja mais longo e exija mais de mim, mas é bom ir percebendo que com o passar do tempo vai custando cada vez menos e é tudo uma questão de me ir educando e não desistir quando já estou de cabelos em pé. 

Há quem me diga que faço muito cardio, é verdade, mas o cardio faz-me bem e preciso dele. Se quisesse perder só peso, agarrava-me apenas às máquinas de cardio, mas não é de todo esse o resultado que procuro, quero perder acima de tudo gorduras. Atualmente é isso. O que está a mais é isso e por isso junto ao meu cardio a musculação em todos os treinos. Sinceramente nem me via a fazer de outra forma. 

As máquinas de cardio que faço são estas:
Cada vez me sinto mais à vontade para optar pela última máquina (stair climber), porque apesar de não querer um treino só de cardio, de todas as máquinas que aqui estão é onde me vejo sair mais cansada e onde exige mais esforço meu, logo irá trazer-me mais resultados. Continuará a ser sempre uma máquina terrível, mas sem dúvida que todos devíamos ganhar coragem de subir e fazer uns minutos!



Apesar da imagem estar com muita distorção foi a única que encontrei que mostra aquilo que vos quero acabar de transmitir nesta publicação que já vai muito longa. Neste momento já não quero perder só peso, olhar para a balança e ver o peso ir embora, quero antes ver a gordura ir-se embora. A transformação é clara de um lado e de outro. E infelizmente, quem habitualmente só faz cardio, fica mais ou menos como a imagem do vosso lado esquerdo. Por isso é que é tão importante juntar ao nosso cardio pesos! 

E quando não conseguirem ir ao ginásio ou não vos apetecer, tenham em casa coisas básicas como um tapete, uns elásticos, treinem com o vosso próprio peso e façam cardio sem máquinas. E já sabem, ficam a faltar mostrar-vos dois treinos meus, mas prometo mostrar já na próxima semana!

Add your comment

@writtenbyjoana

Subscribe for the latest news